9.9.09

Menino ou menina?

Uma das maiores ansiedades de um pai e de uma mãe de primeira viagem é saber o sexo do bebê e com a gente não foi dirente. Assim que minha família e amigos souberam da gravidez, começaram os palpites sobre o sexo do nenem. A maioria aposta que é menina e alguns insistentes de que é menino..rs. Confesso que não tenho predileção por nenhum dos dois, mas meu íntimo sempre me fez crer que espero uma mocinha. Sei lá, intuição de mãe. O Heitor sempre apostou que também fosse menina, mas de um tempo pra cá ele mudou de idéia. O fato é que minha curiosidade e ansiedade pra descobrir logo é maior que qualquer coisa...rs. Nem tanto por curiosidade, mas porque sempre converso com minha barriga e fico incomodada chamando meu filho (a) de "bebê". Penso em músicas, em pronunciar seu nome, em imaginar seu rostinho e tudo isso depende de saber disso. Acredito que a identidade de uma pessoa começa bem antes dela nascer e quero enxergar esse neném como alguém com nome, sobrenome e não mais como um embrião na minha barriga. Fui logo atrás de exames e para minha surpresa descobri a tal da "sexagem fetal" que detecta o sexo do bebê através do sangue (detecção de cromossomo x ou y na corrente sanguínea materna), com 99% de precisão a partir da 10ª semana. O que não me agradou foi o "precinho": R$ 370,00. Mas como minha curiosidade é maior que meu apego ao dinheiro (hehe) quis fazer, porém ao compartilhar essa idéia com meu noivo/futuro marido e pai/mãe, fui logo rechaçada, rs. Eles alegaram que esse dinheiro todo poderia ser usada pra coisa mais útil e que não tinha necessidade desse "desespero". Resolvi não fazer. Esperei minha próxima consulta de PN que foi no dia 28/08, quando estava como 12 semanas e para meu total desespero, minha médica recomendou que eu fizesse apenas com 16 semanas aproximadamente, que ela iria pedir outra eco apenas na próxima consulta, dali a um mês. Pronto! Pirei! Tentava não pensar nisso, mas não aguentava. Era importante pra mim. Acabei descobrindo um outro exame, recém-chegado no Brasil, o INTELLIGENDER, que detecta o sexo do bebê pela urina da mãe, com 90% de precisão. Pesquisei,pesquisei e comprei! (Dessa vez com o apoio do Heitor, rs, o que fez bem pra não me sentir culpada...rs). Primeira urina do dia, 06:30 h da manhã e eu lá, esperando os 10 minutos do teste: ele dizia que se ficasse laranjado seria menina, se verde menino. Acontece que pelo meu nervosismo ou fuleragem desse teste, a cor da minha urina foi mudando muito lentamente e após 10 minutos ela ficou mais laranjada que o normal. Logo, constatei que era menina. Liguei pro Heitor e falei : "estamos esperando uma princesinha". Após uns minutos, entretanto, a cor ficou esverdeada e não mudou mais. Não entendi mais nada e minha vontade foi processar esse laboratório nojento que confunde mães indefesas...rs. Não sei se tem a ver com o fato de eu ter esquecido de mexer o frasco inicialmente (mexi após uns dois minutos que a urina estava lá), mas deu essa pequena confusão no resultado.Pedi ajuda aos "universitários": o Heitor teve que ir na minha casa 07:00 horas da manhã dar seu veredito. Na hora que ele viu, firmemente falou: "ah rapá, é o fihão do papai" e mais alguma coisa sobre ele ser corinthiano..rs. Até queria levar o frasco pros amigos dele verem, acredita? Fiquei mais confusa que antes, mas olhando novamente o resultado (tirei até foto!rs) dá pra saber que é mesmo um MENINO. Mas o fato é que minha intuição diz que é menina e que me parece que esse teste não é tão confiável assim (ele mede a acidez da urina, se não me engano). Mas de qualquer forma, MENINO ou MENINA (se for menino, minha "intuiçaõ de mãe" é muito fajuta! rs), esse nenem será amado e recebido da mesma forma. Não é questão de gênero, é questão de amor.


Ah, antes de fazermos o teste, tínhamos decidido que para o resultado que desse, já escolheríamos o nome. Portanto, como ficou verde, se for menino será MIGUEL. Caso seja menina, temos alguns ainda pra escolher.




E aí...é ou não o Miguel?



2 comentários:

Nathália disse...

Kkkkkkkkkkkkkkkk....

Nadou, nadou e ficou pela praia mesmo...
rsrsrs

A pergunta que não quer calar:
SERÁ MIGUEL MESMO??? rsrsrs

Marina disse...

Marília, sabe que eu não aguentei e fiz a sexagem, mas achei aqui no Rio por 250 pilas!
Chorei horrores depois que fiz, achando que podia ter desperdiçado dinheir, mas no meu caso, foi ótimo!!! Estou com 24 semanas e até hoje a mocinha não se dignou a mostrar seu sexo na ultra! Se não fosse a sexagem estaria até hoje na seca pra saber o sexo!!

Mas eu só decidi fazer depois da ultra que não conseguiu captar se ela era menina ou menino! rsss

Pras ansiosasde plantão, recomendo!
rsss

beijoca,